Os 20 aplicativos gratuitos mais usados por empreendedores

Deixe um comentário

31 de julho de 2016 por Semio Timeni

Por Mariana Fonseca para a Exame.com

A rotina de trabalho de um empreendedor é muito cansativa: mesmo fora do horário comum de expediente, é preciso continuar atento a diversas áreas do negócio.

Porém, isso não significa que é preciso abandonar o tempo de relaxar ou de pensar em estratégias de longo prazo. Alguns serviços disponíveis na palma da mão podem otimizar a gestão empresarial, sem precisar pagar nada por isso: são os aplicativos.

EXAME.com ouviu alguns donos de negócio sobre quais são as ferramentas administráveis pelo smartphone mais importantes do dia a dia: desde apps para gestão das contas até para cadastro de pedidos e para comunicação com a equipe.

Todos os aplicativos indicados possuem alguma forma gratuita de uso. Nas versões pagas, alguns apps são precificados em dólar e outros em reais (caso a empresa já tenha operações personalizadas para o Brasil).

1 — Asana

O Asana é um aplicativo voltado para a eficiência. A ideia é que, na mesma plataforma, os donos de negócio consigam ver tarefas e seu andamento e gerir o time por meio de conversas coletivas e privadas, por exemplo. Há uma interface que integra todas as ações descritas.

Tomás O’Farrell, fundador da plataforma de trabalho freelancer Workana, usa o Asana para gerenciar o trabalho remoto. “O mais útil desse aplicativo é que podemos criar tarefas para nós mesmos e também para outras pessoas da nossa equipe. Como a maior parte da equipe da Workana trabalha de maneira remota, o aplicativo nos permite trabalhar como se estivéssemos lado a lado, o que aumenta o rendimento de todos.”

Já Greta Paz, CEO da startup de conteúdos para o YouTube MPQuatro, ressalta a facilidade de acessar a informação por vários dispositivos. “O Asana é ótimo para empresas que, como nós, trabalham com muitos projetos e precisam organizar as pautas. Conseguimos acessar as nossas demandas e os arquivos de qualquer lugar“, afirma a empreendedora.

Por fim, no caso do restaurante de alimentação saudável Levite, o foco é não perder o prazo das entregas e nem das reuniões. “Utilizamos o Asana desde o início do projeto do restaurante para auxiliar na organização de reuniões, afazeres e entregas. Com o acesso pela web e pelo aplicativo, fica muito fácil de ter sempre a informação necessária e o não perder os prazos”, diz Solon Neto, fundador do restaurante.

O Asana possui tanto a versão gratuita quanto a versão Premium (8,33 dólares por usuário e por mês). A ferramenta está disponível para desktop, para Android e para iOS.

2 — Aussi

O Aussi é um aplicativo voltado para ajudar os empresários de pequeno porte: por meio dele, os empreendedores se conectam de forma gratuita e podem solucionar dúvidas entre si.

Vito Laselva é sócio da rede de delivery culinário Batata do Vall, criada neste ano. Ele conta que o Aussi ajuda em diversas áreas de seu negócio. “Tenho utilizado bastante para obter informações sobre normas e legislação, mas ontem mesmo o utilizei para sanar uma dúvida quanto à motivação de minha equipe, como também já usei para ter ideias na área de marketing e vendas. Além disso, pelo app posso ajudar outros empreendedores nos assuntos que tenho mais conhecimento e experiência de negócios.”

Usando o app, Laselva consultou usuários e teve a ideia de revender seus pratos. “Um resultado concreto que temos com a utilização do Aussi é a abertura de uma nova área de negócio, que é a comercialização de nossas batatas rostie congeladas. Antes disso, a Batata Congelada era um produto empacado, que não gerava receita.”

O Aussi está disponível na versão para Android e para iOS. A versão para desktop será inaugurada em breve.

3 — Beer or Coffee

O Beer or Coffee é um aplicativo ideal para que os empreendedores possam fazer networking. Por meio da plataforma, é possível encontrar pessoas interesses similares ao seu e, com poucos cliques, convidá-las para um café ou uma cerveja nos próximos 30 minutos. Dá para aproveitar o momento e criar conexões profissionais.

É uma rede privada: para fazer parte, é necessário ser convidado por outro usuário ou fazer parte dos locais que o Beer or Coffee já atua: o Cubo Coworking, em São Paulo; o San Pedro Valley, em Belo Horizonte; e o Startup Chile, em Santiago (Chile).

Guilherme Ebisui, CEO e sócio-fundandor do serviço de relacionamentos Poppin. Usa o Beer or Coffee justamente para fazer networking com pessoas do ecossistema de startups. “É uma ferramenta muito interessante para trocar experiências com desenvolvedores, empreendedores, investidores e pessoas quem possam estar interessadas no seu negócio”, conta Ebisui.

“Networking é um dos pontos mais importantes para qualquer negócio, ainda mais para uma startup. Como empreendedores muitas vezes frequentam os mesmos lugares e ambientes, se torna-se mais fácil encontrar pessoas interessadas em conversar sobre seu negócio pelo aplicativo e já marcar um cafézinho com elas em tempo real.”

O aplicativo está disponível para Android e para iOS.

 

4 — Bling

O Bling é um Sistema de gestão online de empresas: por meio dele, é possível organizar notas fiscais, estoques, cadastros, vendas e finanças. Outro diferencial é que ele possui integração com diversas plataformas de e-commerce, o que facilita o cadastro das informações.

Cayo Sartori é co-fundador de Paubrasil, que vende capinhas e outros acessórios feitos em madeira para celular. Segundo ele, o Bling foi uma solução gratuita de gerenciamento de estoque, de vendas e de finanças, incluindo a integração com a loja virtual da Paubrasil.

“Importamos os pedidos do site para o Bling, que consegue emitir as notas fiscais diretamente pelo aplicativo e enviar ao cliente automaticamente. Temos centenas de pedidos por mês, e se não fosse o Bling, precisaríamos contratar uma pessoa apenas para essa função. Para finalizar, ainda tem a opção de integrar o Bling com os Correios”, diz Satori. “Ele poupa tempo e dinheiro em todas as etapas do nosso trabalho.”

O Bling possui as versões gratuita, Cromo (25 reais por mês), Cobalto (50 reais por mês), Titânio (100 reais por mês) e Platina (300 reais por mês). A ferramenta está disponível na versão para desktop e para Android.

5 — Contador de Cliques

O Contador de Cliques é uma ferramenta bem simples, porém útil para empreendedores do varejo: ao pressionar um botão, o contador adiciona um número à contagem. É como escrever números em uma folha de papel – só que de forma mais rápida e sem gastar papel.

Adriana Auriemo, diretora da Nutty Bavarian, diz que a rede de franquias usa o Contador de Cliques ao estudar novos pontos comerciais. O franqueado vai até o local e usa o aplicativo para contar quantas pessoas passam por aquele ponto comercial. Se der tudo certo, o local virará um novo quiosque. “Com os números apresentados pelo app, conseguimos ter uma ideia, comparando com nosso banco de dados de pontos já existentes, de até quanto podemos pagar de aluguel.”

O aplicativo é gratuito e está disponível apenas para Android.

Reportagem continua aqui: http://exame.abril.com.br//pme/noticias/os-20-aplicativos-gratuitos-mais-usados-por-empreendedores#5

 

 

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: