Você compraria de você?

Deixe um comentário

16 de janeiro de 2015 por Semio Timeni

1780f676a8c8cc4f6d32558ef5d7dccd

Com a chegada do ano novo, muitos acreditam que foi zerado o jogo e que começa tudo de novo. Isto é poético e até pode ajudar na motivação, mas a verdade é que as próximas semanas e meses são frutos das sementes plantadas nas últimas semanas e meses, pois o tempo é contínuo. Por que estou dizendo isso? Porque se avizinha dias difíceis na economia brasileira, que não vão chegar de uma hora para a outra. E você está avisado: prepare-se para viver uma época de imensas oportunidades!

proposito

 

Como assim? As coisas não vão piorar na economia? Sim, mas não para todos! É certo que determinados setores sofrerão mais que outros, que a economia vai esfriar e a concorrência vai disputar enlouquecida os clientes. O inverno será rigoroso, preveem os especialistas. E o que fazer? Prepare-se para o inverno.

“Como?” você pode se questionar. Um exercício que pode lhe ajudar a atravessar esse momento difícil na economia é respondendo a outra pergunta: você compraria de você? Responda sem paixão, procure entender a pergunta – os fatores de compra – antes de responder. Você compraria de você? Por que? Preço, prazo, qualidade? Fatores importantes, mas fáceis de copiar… Localização, atendimento, relacionamento? Mais difíceis de serem replicados pela concorrência, contudo não impossível. Características pessoais, sociais ou psicológicas? Você só vai entender se entender seu consumidor…

Lembro algum tempo atrás, quando trabalhava numa grande empresa, um colaborador veio confidenciar sobre um colega: “fulano está usando um produto da concorrência”. Mandei chamar o funcionário na minha sala. Todos esperavam uma demissão sumária. No final daquela manhã, reuni aquele departamento e comentei: “fulano, que comprou um produto da nossa concorrência, conversou comigo a manhã inteira. Me ensinou porque ele compra produtos da concorrência a vários anos. E quer saber? Ele está certo. Eu também compraria! O que precisamos fazer para nunca mais perdermos vendas para clientes como ele, como eu, como você? Ou pior, como aqueles clientes que nos compram diariamente?”. Foi uma reunião marcante, que gerou várias outras e resultados mensuráveis e animadores.

buyers-sellers-street-sign-marketing-sales-buying1-575x220

Fica a dica: pergunte aos seus clientes internos e externos – ou potenciais clientes – o que os fazem comprar na sua empresa. Entenda também o que os fazem comprar no concorrente.

Se você já vive o mundo dos negócios, conhece, mesmo que na prática, a lei da oferta e da procura. Havendo desequilíbrio na oferta ou na procura, haverá impacto nos preços. Pois bem, havendo crise, vai haver desequilíbrio. E isto é bom. Não, isso é ótimo se você estiver preparado! Pois numa crise você pode captar novos clientes – atendendo melhor suas demandas – novos fornecedores – num mercado aquecido, a tendência é que seu fornecedor se torne mais seletivo – ou colaboradores, pois fica mais barato contratar os melhores – ou reter!

Use a imaginação! Seja mais proativo e mais eficiente! Quer mudar o seu futuro? Comece hoje. A velocidade e direção você é que escolhe. Esta é a boa notícia, você é dono da sua vida – pode até pedir ajuda a outros, mas se delegar que outros a dirijam, não pode reclamar, ok? Pense nisso! Bom trabalho! Sucesso!


Semio Timeni Segundo é Business Coach

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Insira seu email para receber atualizações do Blog:

%d blogueiros gostam disto: