Reinvente-se!

Deixe um comentário

28 de outubro de 2013 por Semio Timeni

 

561960_387354764666453_789032511_n_large5

Um perigo recorrente é acomodar-se com o status quo, com a condição existente na vida. É uma realidade que também funciona no mundo dos negócios. Diversos são os casos de empresas que navegam no sucesso do passado sem se preocupar com o futuro, e terminam afundando. Como já diz o ditado, o sucesso conquistado não garante o futuro!

 

Um exemplo de companhia que consegue se reinventar é a Apple. De uma firma minúscula tornou-se a empresa mais valiosa do mundo, na casa das centenas de bilhões de dólares. Mas não sem encarar enormes problemas, como os enfrentados na década de 1990 que quase a levam à falência. Contudo, consegue se reinventar sempre: do computador para o iPod, dele para iPhone, o iPad, iPad mini… E por aí vai.

 

O fato é que, para um produto ser lançado, consumiu anos sendo desenvolvido. Ou seja, quando vemos um dos produtos Apple e dizemos “uau!”, tenha certeza que nos laboratórios da empresa já existem diversos produtos sendo gerados.

 

Outra empresa famosa pela capacidade de se reinventar é a Netflix. Trata-se de uma locadora de vídeo. Sim, uma locadora, mas com a abordagem diferente, que fez muito sucesso nos seus primeiros anos de vida: por uma taxa mensal, ela enviava para a casa do cliente um filme, e toda vez que este era devolvido pelos clientes através dos correios, dava direito a locar um outro, ilimitado. Em 2002, o serviço norte-americano já contava com 600.000 clientes cadastrados.

 

Mas aí vieram diversas formas digitais de entretenimento, como o YouTube. O que fez a Netflix? Desenvolveu um sistema para entregar o filme no computador ou na televisão do cliente, via internet, streaming on demand, como é denominado em inglês. Passados pouco mais de dez anos, o Netflix cresceu mais de 6.700%, ultrapassando a marca de 40 milhões de clientes espalhados pelo mundo inteiro. Enquanto alguns choram pela morte do mercado de locação de vídeo, a Netflix se reinventou.

 

E isto funciona também na vida pessoal. Quantas pessoas não se acomodam com a situação que se encontram na vida e largam mão de correr atrás de seus sonhos? Que reclama da idade, das oportunidades perdidas, do governo, do vizinho, mas não olha no espelho e encontra ali o maior responsável por tudo?

 

Sim, é você! Enquanto uma empresa como a Netflix tem que gastar milhões de dólares em pesquisas para descobrir o que o cliente quer, você não precisa gastar nada para descobrir o que você deseja. Simples assim.

 

Agora entre o querer e o realizar tem uma distância imensa! Tenho um amigo que diz não comprar revista de automóveis: “pra que olhar se não posso comprar!”. E assim ele vai vivendo, e desta forma consegue ser feliz. Conheço muita gente que consegue ser feliz assim.

 

Mas se você quer mais, reinvente-se! Tanto na empresa quanto na vida! Sempre! A verdade é que, em qualquer aspecto que você observar, sempre haverá desculpas verdadeiras para não correr atrás dos seus sonhos! Por outro lado, quando você assume a realidade que tanto na empresa quanto na vida “o sucesso conquistado não garante o futuro”, você acorda para o fato de que a vida é assim, cheia de oportunidades e que cabe a você construir o seu futuro! Pense nisso. Bom trabalho! Sucesso!

 

Semio Timeni é consultor empresarial, Mestre em Administração e Coach.

 

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: